XV Congresso Nacional das Associações Pestalozzi

Foto: Jangada Filmes

De 13 a 15 de outubro, a Federação Nacional das Associações Pestalozzi – FENAPESTALOZZI – realizou, na cidade de Maceió/Alagoas, o XV Congresso Nacional das Associações Pestalozzi. O evento marcou os 93 anos do Movimento Pestalozziano no Brasil e contou com mais de 1000 técnicos e dirigentes de Associações Pestalozzi de todo o país. Atualmente, o Movimento Pestalozziano conta com uma rede de 158 Associações Pestalozzi e 5 Associações Análogas, que estão espalhadas em 20 estados do território nacional. Importante destacar que as Associações Pestalozzi são administrativamente e financeiramente independentes, além de definir, cada qual o perfil e a deficiência do público atendido, bem como, a politica pública que está vinculada, podendo atuar tanto na área de assistência social, como, também, na saúde e/ou na educação. A Associação Pestalozzi de Osasco marcou presença no XV Congresso, com a participação da coordenadora técnica, Rafaela Parducci, e da psicóloga, Bruna Bativa, que apresentou trabalho científico, com o tema: “O Desafio da Inclusão Social da Pessoa com Deficiência Intelectual Perante o Envelhecimento”. O trabalho da autora, Bruna Bativa, partiu de um levantamento bibliográfico sobre o envelhecimento e a inclusão social da pessoa com deficiência intelectual e procurou apontar possíveis estratégias para sair de um passado segregador e traçar perspectivas positivas para um futuro mais inclusivo e com os direitos da pessoa com deficiência garantidos. Durante os 3 dias do Congresso aconteceram palestras, mesas de debates e cursos que abordaram temas relacionados à educação, saúde, reabilitação e habilitação, trabalho, gestão e inovação no Movimento Pestalozziano, assistência social e, ainda, arte, cultura, lazer e esporte. A Pestalozzi de Osasco acredita que um trabalho de excelência só pode ser feito quando se preza pela formação e capacitação de seus colaboradores, quando há troca de experiências entre os coletivos. Afinal de contas, a busca pela inclusão social das pessoas com deficiência não é um trabalho individual e, sim, um trabalho a ser realizado por toda a sociedade. Participar, a cada dois anos, do Congresso Nacional das Associações Pestalozzi reforça a luta da Pestalozzi de Osasco pela garantia dos direitos da pessoa com deficiência e, ainda, reforça o sentimento de pertencimento a um coletivo que acredita no seu potencial e na inclusão social.